E-mail: bloggccgs@gmail.com

Rádio OnLine Toque Da Cidade

29 de nov de 2010

Guarda municipal é assassinado em Araucária

Blog GCM 1ªCL Gilberto Silva.

O guarda municipal Carlos Alberto Fuchner, 38 anos, foi
assassinado por volta das 10h30 de ontem, dentro do Centro Integrado de Segurança (CIS), na Rua Andorinha, Capela Velha, em Araucária. Ele foi abordado por dois jovens, que seriam menores de idade, levou dois tiros e teve a arma roubada. Pouco depois, um homem foi detido, acusado de dar fuga a um dos suspeitos, porém os autores do crime não foram localizados.

Colegas de Carlos contaram que ele estava em serviço no CIS, onde a prefeitura mantém cursos de informática. Enquanto o guarda digitava em um computador, um dos marginais apareceu dizendo que estava interessado em fazer um curso e perguntou o que precisava fazer para se tornar guarda municipal. O garoto chegou a preencher uma ficha, usando nome falso. A polícia acredita que a intenção dele era "conhecer" o local e ver se o guarda portava arma.

Luta

Minutos depois, o indivíduo retornou, possivelmente armado, e acompanhado de um comparsa. Os dois abordaram Carlos, que teria reagido, dando início a uma briga.

"Nesse momento, Carlos foi atingido por dois tiros, no rosto e no peito", disse o soldado Marcelo, do 17.º Batalhão da Polícia Militar. Os marginais então fugiram correndo, com o revólver calibre 38 do guarda.

Buscas se estenderam pela tarde, mas nenhum dos bandidos foi achado.

Rapidamente enfermeiros de um posto de saúde próximo chegaram para tentar reanimar a vítima, porém Carlos não resistiu. Os ferimentos formaram uma enorme poça de sangue na entrada da sala lateral do prédio.

Testemunhas contaram à polícia que os autores fugiram pela Rua Andorinha e depois seguiram em direções opostas. Existe a possibilidade de um terceiro comparsa ter ajudado a dar cobertura.

Caçada

Moradores viram um dos suspeitos entrando numa residência, na Rua Pavão, a cerca de 100 metros do local do crime, e logo depois saindo num Palio verde. A polícia foi informada, vistoriou a casa e encontrou as roupas descritas pelas testemunhas.

Nas imediações, os policiais abordaram o Palio, que retornava para a residência e detiveram o motorista, que foi levado à delegacia. "As informações são que ele é padrasto do adolescente que participou do crime", disse o superintendente Luis Pereira, da delegacia local.

O detido negou que tenha dado carona para o suspeito e disse não saber nada do crime. À tarde, guardas municipais, policiais militares e investigadores da delegacia de Araucária continuaram na caça aos criminosos, mas ninguém foi encontrado.

.

1 comentários:

Anonymous disse...

loco veio vai deixar saudades

13 de dezembro de 2010 13:28

Postar um comentário