E-mail: bloggccgs@gmail.com

Rádio OnLine Toque Da Cidade

9 de jun de 2014

Guarda Civil Ambiental de Cotia resgata cobra em para-choque de veículo na porta de escola em Cotia.

Guarda Civil Ambiental de Cotia resgata cobra em para-choque de veículo na porta de escola em Cotia.


Por Fau Barbosa
Por volta das 7h30 desta segunda-feira(9), funcionários do colégio Objetivo em Cotia presenciaram uma cena inusitada.
Uma mãe, ao chegar para deixar seu filho na escola, foi avisada de que no para-choque de seu veículo havia uma cobra pendurada.
A Guarda Ambiental de Cotia foi chamada e de posse dos equipamentos adequados, resgatou o réptil. Segundo os guardas, trata-se de uma cobra Jararaca.
 
 
O exemplar foi levado à Reserva do Morro Grande onde foi solto.
Outros casos
Os Guardas Ambientais contaram à reportagem do Portal Viva que é bastante comum o aparecimento desses animais na região, já que nosso município tem uma área verde muito grande.
"Em média atendemos de 2 à 3 casos por semana. Elas costumam aparecer depois da chuva ou em época de muito calor", relatou o Guarda Ambiental Jader. Segundo ele, elas são capturadas e realocadas em locais de mata, principalmente na Reserva do Morro Grande.
"As espécies mais comuns que encontramos são as jararacas, mas também aparecem jaracuçús, corais e cobras verdes (cobras do mato)", disse.
 
Na semana passada, uma outra cobra foi encontrada em uma residência em Caucaia do Alto. "Era uma Coral e estava atrás dos vasos de plantas", disse o guarda. "O morador ligou para a Guarda Civil de Cotia solicitando nosso apoio para a retirada do animal", contou.
A cobra também foi solta na Reserva do Morro Grande.
Importante
A Guarda Ambiental lembra que não se deve tentar distinguir a coral verdadeira que é peçonhenta (venenosa) da que não é verdadeira (falsa coral). "É difícil a sua distinção, e isso só é possível após um minucioso exame da posição das presas ou da qualidade dos desenhos (anéis).
Atendeu a ocorrência a viatura da Guarda Ambiental A-43, GC´s Jader e Bento.
www.portalviva.com.br

0 comentários:

Postar um comentário